Dicionário Estraviz. Inicio
Início > Resultado da pesquisa

Pesquisa no dicionário

Também podes experimentar a pesquisa avançada
    boca
    3ª pessoa do singular do presente do indicativo de bocar
    2ª pessoa do singular do imperativo de bocar
    boça
    3ª pessoa do singular do presente do indicativo de boçar
    2ª pessoa do singular do imperativo de boçar

    boca

    s. m.
     
    (1) Cavidade na parte inferior do rosto, entrada do tubo digestivo, por onde o homem e outros animais ingerem os alimentos. ≃ abertura, bocal, entrada, focinho, gola
     
    (2) A parte exterior desta cavidade, constituída polos lábios: deu-lhe um beijo na boca.
     
    (3) Órgão da fala: mandou-lhe que calasse a boca.
     
    (4) Órgão de respiração.
     
    (5) Qualquer abertura ou corte que dê ideia de boca: boca da terra.
     
    (6) Oco, falta, dente no gume de um instrumento cortante: tiramos o cutelo, tinha muitas bocas.
     
    (7) Abertura de uma garrafa, frasco.
     
    (8) Abertura do saco.
     
    (9) Entrada, saída: boca da rua, boca do túnel.
     
    (10) Foz, desembocadura de um rio: esperavam-nos na boca do Minho.
     
    (11) Garganta que dá acesso a um vale.
     
    (12)
    fam. Pessoa ou animal a quem se mantém e dá de comer: tinha na casa cinco bocas para alimentar.
     
    (13) Conjunto de partes sobre as que atua o freio das cavalgaduras.
     
    (14) Abertura do tubo ou do cano da arma de fogo por onde sai a bala.
     
    (15) Boca dos peixes.
     
    (16) Pinças dos crustáceos.
     
    (17) Boca dos cefalópodes.
     
    (18) Rotura da rede de um aparelho que está largado no mar.
     
    (19) Entrada do cope de uma rede.
     
    (20) Uma das três partes de que se compõe o trabuquete.
     
    adj.
     
    boca da tilha: um dos compartimentos em que se divide o bote dedicado à pesca por meio da rapeta.
     
    boca de campã: qualidade de pera em forma de campana, grande, parda e de mal sabor.
     
    boca de caravel: lábios de cor viva, encarnada, semelhando sangue.
     
    boca de cereija: graciosa, pequena, e de cor viva e fresca.
     
    boca de escacho: grande e rasgada, cujos extremos não guardam relação com as demais feições do rosto.
     
    boca de jarro: diz-se duma pessoa muito dada a beber.
     
    boca de raia: longa e de beiços muito delgados.
     
    boca de salabardo: pessoa que fala mais da conta.
     
    boca de velha: boca retraída, contrastando com o queixo muito pronunciado.
     
    boca de xávega: a que se forma no aparelho da xávega com três folhas ou menas.
     
    boca do corpo: vulva da mulher.
     
    boca do estômago: o fundo do estômago pola parte externa.
     
    boca do rio: parte por onde o rio penetra no mar.
     
    boca erma: pessoa mal falada.
     
    boca infernal: diz-se de quem fala mal ou vitupera outrem. Mal-falado.
     
    boca rachada: pessoa de falar muito livre.
     
    boca rota: pessoa que blasfema amiúde.
     
    à boca da noite: ao anoitecer.
     
    andar com a boca aberta: admirar-se, como um bobo, de todo o que se vê ou escuta.
     
    andar com o credo na boca: recear, andar sobressaltado.
     
    andar em boca de alguém: ser objeto do que outro fala.
     
    encher a boca: pedir demasiado.
     
    estar boca abaixo: tendido com a boca para o chão.
     
    guardar a boca: não exceder-se no comer, sobretudo as pessoas enfermas ou com pouca saúde.
     
    meter-lhe o dedo na boca a alguém: enganá-lo doadamente.
     
    ter a boca como um rape: ter a boca grande ou muito aberta.
     
    ter boa boca: comer de tudo.
     
    ter boca de forno: ter boca muito grande.
     
    ter boca de frade: pedir demasiado.
     
    vir-se à boca: repetir a comida, sentir na boca o sabor dalgum alimento que se tem no estômago.
     
    Rfrs. A boca pechada e a bulsa escondida ou guardada. Boca de mel e mãos de fel. Ao que fere com a boca, curar com ela lhe toca.
     
    [lat. bucca]
     

    boça

    s. f.
     
    (1) Pedaço de corda fixo por um extremo em cavilha ou argola de amurada, costado ou coberta, para sujeitar com o outro, por meio de algumas voltas, o cabo de que se está tirando numa manobra, para que não se escorra enquanto se amarra ou se faz outra operação.
     
    (2) Bexiga, empola.

    Palavra pesquisada 833 vezes
Outras ajudas