Dicionário Estraviz. Inicio
Início > Resultado da pesquisa

Pesquisa no dicionário

Também podes experimentar a pesquisa avançada
    dedo
    1ª pessoa do singular do presente do indicativo de dedar

    dedo

    s. m.
     
    (1) Cada uma das partes distintas e articuladas em que terminam as mãos e os pés do homem ou de alguns animais.
     
    (2) Cada uma das partes da luva correspondentes a um dedo.
     
    (3) Medida equivalente à grossura de um dedo: beber dous dedos de vinho.
     
    (4) Medida de comprimento, duodécima parte do palmo, equivalente a dezoito milímetros.
     
    (5) Pequena quantidade: não queda um dedo de água.
     
    (6) Aptitude, aptidão, habilidade, capacidade, tino: o indivíduo esse tem dedo para os negócios. ≃ autoridade, habilidade, mestria
     
    o dedo de Deus: manifestação da vontade divina.
     
    Os nomes dos dedos -com ou sem aposição- são: polegar (gordo, escacha-piolhos, mata-piolhos), índice (indicador, fura-bolos, mostrador), médio, coração (grande, longo, maior, pai-de-todos), anular (padrinho, seu sobrinho), auricular (maiminho, meiminho, mouminho, meminho, miminho, mínimo).
     
    até os dedos lhe parecem hóspedes: diz-se de uma pessoa receosa, que vê perigos em tudo.
     
    comer-se os dedos por algo: desejar veementemente.
     
    como anel ao dedo: a pedir de boca.
     
    contar polos dedos: contar sinalando a numeração com os dedos.
     
    dar gosto ao dedo: disparar armas de fogo.
     
    dedo molecrim: dedo meiminho.
     
    meter a alguém os dedos na boca: inteirar-se do que sabe com sagacidade.
     
    meter a alguém os dedos polos olhos: obrigar alguém a ver e julgar de certa maneira.
     
    não ter dous dedos de frente: ser pouco inteligente.
     
    pôr o dedo na chaga: encontrar o ponto fraco ou vulnerável.
     
    sinalar alguém com o dedo: dirigir a atenção para alguém, criticá-lo ou censurá-lo.
     
    [lat. digitu]

    Palavra pesquisada 1187 vezes
Outras ajudas